Contato

Contato
floralpet@gmail.com 12 98877-1614

Agressividade em Gatos

A Agressão em gatos geralmente está em  segundo lugar nos problemas de comportamento felinos.
Um gato agressivo em casa se torna um perigo, pois além do risco que representava aos membros da família, o gato geralmente também pode expressar seu comportamento de modo errôneo ao nosso ver.
 Nem todos os gatos mostram sua agressão da mesma maneira, alguns cheiram e tentam interagir muito pouco e em seguida mostram o descontentamento e agridem, outros chegam atacando diretamente as pessoas de forma violenta.
 Muitas vezes, essas manifestações violentas não são levadas com a devida importância pelos proprietários. 
Devemos lembrar que qualquer manifestação de agressão felina que surge com frequência é a intensidade deve ser avaliado por um veterinário ou um especialista em comportamento.
O melhor a se fazer é não tentar estimular, provocar ou encorajar um comportamento agressivo, como provoca-los com as nossas mãos e ou permitir mordidas ou arranhões. 
Devemos antes de qualquer coisa frente a esse comportamento agressivo, descartar problemas físicos, como possíveis doenças que podem causar dores, como por exemplo: Cistite, problemas dentários, artrite, doenças do sistema nervoso, entre outras.
Quando for ao veterinário o ideal é  fornecer dados altamente precisos e detalhados sobre o seu comportamento dele desde seu nascimento até o real momento.
Essas informações são importantes:
- Temperamento:  dominante, assustador, independente, etc.
- Idade de início de agressão
- Suas atitudes corporais, posturas, movimentos, expressões faciais, como a posição das orelhas, olhos
 - Os sons emitidos pelo gato, chora, bufa, etc.
- Em que situações a agressão ocorre se durante o jogo, quando carícias, etc.
- Intensidade de ataques
- Como lida cada membro da família com os ataques

Devemos esclarecer que os gatinhos e gatos jovens tendem a mostrar sinais de agressão durante as brincadeiras, porque eles estão aprendendo, porque são caçadores predadores inatos. 
O maior erro do proprietário é  reforçar esses comportamentos agressivos em brincadeiras cada vez mais violentas, porque isso pode levar a ataques cada vez mais graves no futuro.
Sinais durante a brincadeira que não devem ser permitidos:
- Situações que o gato avança
- Mordidas e arranhões

Nós nunca devemos puni-los fisicamente, isso não é eficaz e só vai aumentará a tensão, aumentando ainda mais sua agressividade. Nem devemos oferecer prêmios, carícias ou alimentos para tentar acalmar um gato agressivo, pois você irá reforçar um comportamento errôneo

Algumas dicas para lidar com os gatos agressivos: 

- Não propor brincadeiras agressivas
- Evite qualquer tipo de punição física
- Desviar a sua atenção durante o fato.
- Avaliar a possibilidade de adicionar um outro gato, pois isso permitirá que as brincadeiras de  "caça" não caia sobre os seres humanos
- Separe o animal para outro quarto imediatamente após a agressão, deixe lá por alguns minutos e repita isso quantas vezes for necessário. 
Essas são algumas dicas, mas a primeira coisa que devemos fazer é consultar um profissional para descartar possíveis problemas de doenças relacionadas.

Sinais no gato de Agressão:
- Pupilas dilatadas
- Olhando para a pessoa que vai ser atacado com bigodes e pescoço esticado e orelhas para trás
- pelo eriçado para trás.

Os Florais atuam de forma maravilhosa, traz o equilíbrio e paz na convivência familiar.
Nesses casos de Agressividade trato sempre o Gatinho e seu Pai Pet, pois ambos trocam a mesma energia.
Conheçam mais sobre os Florais de Bach no Comportamento Animal
                                                                                                       Jackline Pinto


Nenhum comentário:

Entrevista Globo- 16/08/2009- Vinícius Val Verde

Deixe seu email e receba nossas atualizações:

Confiram nossa entrevista 17/10/2011- Cristina Pinho entrevista Dra.Jackline Pinto

38 essências Florais

Os Florais de Bach atuam equilibrando as emoções de todos os seres vivos- Humanos, animais e vegetais.... e consequentemente alterando comportamentos... Abordagem simples das 38 essências dos florais de Bach:
Agrimony (para animais que demonstram alegria e estão tristes)
Aspen (para medo de algo que não se define)
Beech (para o critico e intolerante)
Cerato ( para falta de segurança e confiança em si mesmo)
Crab Apple (para fraca imagem de si, pessoa que não se aceita)
Clematis (para os que andam com a cabeça nas nuvens)
Centaury (para quem é submisso)
Cherry Plum (Para medo de perder o controle)
Chestnut Bud (para dificuldade de aprendizado)
Chicory ( para possessividade)
Elm (para sobrecarga de obrigações)
Gorse (para falta de esperança)
Gentian (para desanimo nas dificuldades)
Hornbean (para preguiça, falta de energia)
Heather (para os que chamam atenção a todo custo)
Honeysuckle (para os ligados ao passado ou aos que se foram)
Holly (para quem tem raiva)
Impatiens (para os que querem tudo no seu tempo e na sua hora)
Larch (para falta de confiança)
Mimulus (Para medo de coisas definidas)
Mustard (para depressão, tristeza profunda sem explicação)
Olive (para falta de energia vital)
Oak (para quem, mesmo cansado, continua a trabalhar)
Pine (para culpa)
Red Chestnut ( para preocupação excessiva com alguém amado)
Rock Rose (Para pânico)
Rock Water (para o inflexível, que impõe a si padrões elevados)
Star of Bethlehem (para trauma)
Scleranthus ( para incerteza e desequilíbrio)
Sweet Chestnut (para sofrimento profundo)
Vervain (para animais eufóricos, hiperativos)
Vine (para o dominador e inflexível)
Wild Oat (para decidir o novo caminho a seguir)
Walnut (para situações de mudança)
White Chestnut (para situações repetitivas, ciclicas)
Water Violet (para os fechados nas emoções, solitários)
Willow (para autopiedade, ressentimento)
Wild Rose (para depressão, resignação)
** Rescue- Star of Bethlehem+ Clematis+Rock Rose+ Cherry Plum+Impatiens
Jackline Pinto

Eu e Dra.Carmem Monari, Diretora do Bach Center no Brasil

Eu e Dra.Carmem Monari, Diretora do Bach Center no Brasil

Dani Franco entrevista Dra.Jackline Pinto no Click TV UOL

Dani Franco entrevista Dra.Jackline Pinto no Click TV UOL

Tv Mundi - Dra.Patrícia Bastos entrevista Dra.Jackline Pinto

Tv Mundi - Dra.Patrícia Bastos entrevista Dra.Jackline Pinto
Florais para Animais em 08/11/2011

Cristina Pinho entrevista Dra.Jackline Pinto

Cristina Pinho entrevista Dra.Jackline Pinto
Just TV

Palestra "Florais para Cães"-Livraria Cultura Shopping Bourbon 18/09/09

Palestra "Florais para Cães"-Livraria Cultura Shopping Bourbon 18/09/09

Você ja utilizou os Florais de Bach em vc ou em seu animalzinho?